Escrever Literatura infantojuvenil, por onde começar?

Confira no Diário de Experiências da autora Claudia Lins e estudantes de Passo Fundo, RS, no projeto ARTE DA PALAVRA do Sesc!

Oficina de Escrita em Passo Fundo com estudantes da Escola Estadual Joaquim Fagundes dos Reis

Diário de experiências da Oficina de Escrita Criativa Sesc Arte da Palavra RS

SEGUNDA-FEIRA 23 de Abril de 2018

Nosso primeiro encontro foi marcado por conexões e sentimentos.

O MEU DUPLO AUTOR
Com esse jogo literário experimentamos diferentes textos de Literatura Infantojunil.
Foi um tempo breve, cada um fez sua leitura silenciosa e depois de sentir as palavras, leu em voz alta.
Ao final da leitura, o leitor falava o nome do seu autor e se juntava ao outro que tinha outro texto do mesmo autor.
E assim se formaram as duplas.

TROCAS CRIATIVAS
Em duplas exercitamos a criação oral. Um era o contador e o outro, o ouvinte. Alguns optaram por criar juntos.
A partir de palavras e situações disparadoras, contamos ou inventamos histórias.
Depois apresentamos ao grande grupo, sendo o ouvinte, aquele que recontou e deu seu tempero especial ao enredo.
Foi surpreendente perceber as conexões que muitos fizeram com família, sentimentos e sonhos.

PROCESSO CRIATIVO
Falamos sobre a criação literária como um caminho para a experimentação de possibilidades, cruzamos olhares e os universos de leitura e escrita.
Assistimos aos vídeos dos autores Jonas Ribeiro (SP) e Tiago Amaral (AL), que falaram sobre seus processos criativos.

POSTAIS VIRAM HISTÓRIAS
Lendo as imagens/ilustrações sem saber a qual história pertenciam, criamos em dupla, breves narrativas para as cenas ilustradas.

Descobrimos a CAIXA MÁGICA DE PALAVRAS e a recheamos com mais de 100 palavras.
Voltamos para casa com um DESAFIO CRIATIVO que se tornará real em breve.

VEJA FOTOS DO 1º DIA!

2 comentários em “Escrever Literatura infantojuvenil, por onde começar?

  1. Foi a primeira vez que não me senti estranha fazendo atividades em grupo, me sinto confortável em ser eu mesma.
    Ser uma amante de livros, sem medo.

    1. Foi maravilhoso compartilhar do seu talento, Eduarda Basso! Você é muito criativa e escreve muito bem. Siga em frente, continue criando, existe um caminho lindo a sua espera na literatura! Bjs, Claudia Lins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *